Páginas

design sustentável


morar de bem com a natureza

hoje é o dia mundial do meio ambiente.
dia de pensar sustentável e incutir a ideologia do 3R: reduzir, reutilizar e reciclar.
projetar no presente com o olhar no futuro é uma forma de trabalhar o tema de sustentabilidade de uma forma transversal: ecologicamente correto, economicamente viável, socialmente justo e culturalmente aceito.
com a utilização de materiais certificados, biodegradáveis e com a re-utilização criativa de materiais sustentáveis, designers do mundo todo vêm buscando soluções na projeção de ambientes e produtos que respeitem a natureza.
o Design Sustentável aparece no contexto da cultura contemporânea, ao apostar num modelo de negócios inclusivo, estimulando a indústria local e projetando as características da cultura brasileira no mercado global.
o “pensar sustentável’’ é uma concepção gradativa dentro da sociedade, um despertar consciente para a nova realidade, pois o processo produtivo industrial como conhecemos hoje está ultrapassado. estamos deixando para trás a produção e consumo desenfreado, que resultou no modelo ‘’descartável norte-americano’’ para o consumo racional de nossos recursos.
como designers, nativos de um país com tamanha diversidade de materiais e insumos, trabalhamos em solo fértil! sem falar na criatividade brazuca!!
porém, esses produtos - por exigirem um manuseio diferenciado - tornam-se caros, inibindo a produção em larga escala e aplicabilidade comercial, tornando-os artigos ‘’de luxo’’ para os simpatizantes do movimento em voga.
mas, como disse, é um movimento em expansão. e para aqueles que, como eu, ‘’babam’’ nestes produtos, porque a saliva é biodegradável ;), abaixo listo pouco do muito que rola no dentro do design sustentável:
tintas:
amazing!
: a alemã LOTUSAN é a primeira tinta de micro-silicone com ‘’lottus-effect – efeito da flor de lótus’’. impermeável, faz com que gotículas de água se tornem aderentes à sujeira. resumindo: após a chuva fica limpo – não havendo a necessidade de desperdício de água na limpeza e diminuindo os retoques de pintura com o decorrer do tempo. disponível em 400 cores.
vale ver: www.lotusan.de
revestimentos:
shines like gold! : existem vários, mas as placas de bambu da Oré Brasil são demais! o bambu por ser renovável, com rápido crescimento, resistente, flexível e com baixo impacto ambiental, se encaixa perfeitamente,seja em um ambiente mais rústico ou mais sofisticado, dando um charme único.
vale ver:
www.orebrasil.com.br/
cerâmica:
grande sacada! : a LEPRI lançou a linha Orgânica que reutiliza o vidro das lâmpadas fluorescentes para dar acabamento à peças cerâmicas visto que ainda não existe regulamentação nacional para o descarte do material. as placas estão disponíveis em vários formatos e em três cores: branco nagará, cinza itaparica e verde.
vale ver: www.lepri.com.br
pisos:
bacanérrimos! : novamente o bambu. hawa bamboo –
www.hawabamboo.com.
genial!: carpete de milho - no lugar do náilon (derivado do petróleo), amido de milho. assim é o carpete das novas coleções da americana Interface. disponível em placas de 50 x 50 cm, é instalado com adesivo à base de água ;
piso de borrada reaproveitada: a indústria farmacêutica tem endereço certo para mandar o refugo de borracha da produção de chupetas. não são os aterros, mas sim a empresa Brasibor, que, com as sobras, desenvolve pisos atóxicos, autotravantes e antiderrapantes, ideais para playgrounds. São placas de 33 x 25 cm e 20 cm de espessura.
tecidos:
a ONU decretou 2009 como o Ano Mundial das Fibras Naturais, o que promete movimentar o setor. as fibras naturais cada vez mais se mostram como alternativa sustentável para as fibras sintéticas, derivadas de petróleo, fontes renováveis de matéria prima e não causam danos ao meio ambiente.
mobiliário:
puro charme!: multi laminados de bambu, vime, junco, rattan. Peças leves, de fácil conservação, com alta durabilidade e chamosérrimas!
vale ver:
www.orebrasil.com

reaproveitando! : madeira de demolição : os móveis feitos com madeira de demolição são peças de peroba ou canela, carregadas de história e tratadas pelo tempo. diferente das opções novas, a madeira de demolição sofre um efeito de estufa natural, o que impede retração ou empenamento. é um produto ecologicamente correto pelo fato de ser reutilizadas, o que evita a destruição de florestas.
valorizando e preservando! : madeira certificada : s
elo verde FSC – Forest Stewardship Council ou Conselho de Manejo Florestal. a passos lentos as empresas de fabricação de móveis estão aderindo...hoje ainda conta com o voluntariado, mas as leis dos países importadores estão restringindo a entrada de madeiras sem este selo, o que aponta para uma possível solução à extração e beneficiamento ilegais de madeira.
gringa - design UP **conceitual na veia!
o americano david shock decidiu dar um fim melhor àquelas que são uma especie de cercas plásticas para isolar áreas em obra e transformá-las em bolsas. Bolsas que alias seriam ótimas para levar para o supermercado e colocar suas compras dentro delas ao invés de utilizar as tradicionais sacolinhas plásticas.
http://www.coolhunting.com/archives/2008/02/ornj_bags.php
E que tal a cadeira puzzle do designer david grass? de papelão, 100% reciclável, ela é a própria embalagem.
http://www.davidgraas.com/

Nenhum comentário: