Páginas

greg lynn


bacharelado de arte, filosofia e design pela miami university, com especialização em arquitetura pela universidade de princeton, tem se destacado no cenário mundial como grande contribuidor para a discussão contempânea sobre arquitetura e virtualidade.
o seu uso de diagramas digitais na arquitetura e design vem buscando ampliar o leque de possibilidades de apresentação espacial que se redefinem com freqüência, permitindo a produção de imagens esquemáticas e mutacionais contendo mais informações de que muitas linhas escritas.
greg lynn afirma 'os diagramas não deveriam ser entendidos como idéias instrumentalizadas, mas como técnicas conceituais que antecedem qualquer tecnologia particular' tomando o conceito filosófico de 'máquina-abstrata' de Foulcalt que se define por meio de funções e matérias que não possuem forma.
dessa forma cria o que é chamado em arquitetura de 'arquitetura topológica ou arquitetura líquida' - esta arquitetura se configura através de superfícies envoltórias, maleáveis, fluidas, aonde não se sabe o que é teto, piso e parede, que são, na verdade, superfícies contínuas.
como dizia corbusier 'a arquitetura tem que causar supresa, estranhamento' marcando a perda da linguagem arquitetônica vivida por nós ao longo da história. um espaço que seja projetado a fim de saciar um consumismo imediato ou um espaço para revolucionar o modo como habitamos? porém vale lembrar que não estamos vislumbrando um futuro distante e sim vivenciando um presente inovador. a durabilidade, praticidade, aplicabilidade está sendo mostrada em nosso dia-a-dia, desde leves inovações em nossos eletro-eletrônicos até a embryological house de greg lynn - um mito da metáfora genética da arquitetura.
a embryological house pode ser descrita como uma estratégia para a reinvenção do espaço doméstico em um investimento na beleza contemporânea e na voluptuosidade estética das superfícies ondulantes renderizadas em cores vibrantes. emprega um rigoroso sistema de limites geométricos que liberam uma esfoliação de variações infinitas. esta técnica acopla a necessidade, que todo o produto global introduzido no mercado deve ter, de identidade e variação do tipo dentro do mesmo sistema gráfico e espacial, permitindo ambas possibilidades, de inovação e de familiaridade. não há nenhuma ideal ou original porque cada exemplo é perfeito em suas mutações.
vale ver: http://www.noxarch.com

music from post: feel good inc. - gorillaz

"you´ve got a new horizon, it´s ephemeral style"

Nenhum comentário: