Páginas

celeiro do design - milan fair


texto Andrea Assef revista Isto É Dinheiro

Ter uma peça de design assinada pelo francês Philippe Starck, pelo israelense Ron Arad ou pelo egípcio Karim Rashid é como usar um vestido Gucci ou um terno Armani. Adquirir um sofá da Edra ou uma cadeira da Zanotta, as mais renomadas fábricas italianas de móveis é o mesmo que ir às compras na chique Bergdof & Goodmann, em Nova York. Neste início de milênio, os designers e suas criações são os ícones de consumo do momento. Claro, para aqueles dispostos a desembolsar até US$ 50 mil por um sofá com pedigree. Mas como saber quais são os nomes do momento? Basta dar uma olhada no que ocorreu na Feira de Móveis de Milão, a principal do gênero no mundo. Não tem erro. Quem faz sucesso lá, é alçado ao primeiro time do design mundial. Starck, Rashid e Arad foram as estrelas em 2007, ao lado de nomes menos conhecidos como Christian Ghion, Francesco Binafré e os brasileiros Fernando e Humberto Campana. Isso mesmo. Nesse universo de glamour, o Brasil ganhou estatura de Primeiro Mundo.
Segundo uma revista italiana especializada, os irmãos Campana aparecem entre os designers mais influentes da atualidade, à frente, inclusive, do badalado Philippe Starck. Em uma espécie de grande ópera de cores, formas, inovações e alta tecnologia, os 1.950 expositores de 24 países mostraram que o design cada vez mais agrega valor às peças. São obras de arte que estão ali para ser admiradas, avaliadas e seduzir compradores em potencial.
Outro grande destaque foi a exposição 'supersizing' do designer espanhol Jaino Hayon (foto). A linha batizada de 'pixel ballet' foi considerada uma verdadeira experiência neo-surrealista!

De qualquer forma, adquirir um objeto de design é mais do que uma simples compra por impulso. “O design não é moda. É atemporal e assim como um móvel antigo sempre terá valor de mercado”, diz Sonia Diniz, dona da Firma Casa, uma das mais respeitadas lojas de móveis de design do País.

“O grande desafio em Milão é não ser uma commodity. Quanto mais exclusivo, mais alto é o preço do produto”, diz Tito Caloi, sócio da Bac Design.


music from post: new lights of tomorrow - husky rescue

"you gave me hope amidst my sorrow may it be tomorrow, that i can love again"

Nenhum comentário: